JLS - Versos &  Rimas
Almas Belas, Tudo é Poesia!
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos






Sinfônica Gratidão 


Ouvir de novo essa voz grave do trovão
Eco profundo nos confins do Universo 
O som que fala da beleza de um verso 
Da poesia que há nesta nova Estação.

Ouvir de novo pingos a caírem no chão 
Como os tons e os semitons dispersos 
Que se juntam e imergem e submersos
Fundem-se em uma Sinfônica Gratidão.

O sol recolhe-se como atento expectador
A assistir do alto o espetáculo grandioso 
Da chuva cantando sublime hino de amor. 

Equilíbrio dinâmico entre umidade e calor 
A vida revive em um espetáculo majestoso 
Em festa se manifesta a poesia de uma flor. 


JLS - Uberaba, 30/09/2017. 





 
João Lázaro Silva
Enviado por João Lázaro Silva em 30/09/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras